home

Reforçar crescimento passa pela aposta na inovação

Para o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o crescimento verificado no Produto Interno Bruto (PIB), no primeiro trimestre deste ano, em 2,8%, foi um crescimento “equilibrado”, sendo agora necessário apostar para os próximos anos, como realçou, no crescimento da economia pelo “lado da inovação”.

Só com mais inovação, defendeu Manuel Caldeira Cabral, será possível garantir que haverá crescimento económico sustentado, capaz de criar “mais emprego com melhores salários”.

Segundo o governante, o crescimento equilibrado da economia, que agora se verifica, resulta de um conjunto de fatores, desde logo, como aludiu, do aumento das exportações e do investimento, mas também do consumo, em resultado, sobretudo, da “reposição de rendimentos e da confiança dos investidores” no futuro da economia nacional.

O titular da pasta da Economia aproveitou ainda para lembrar que Portugal regista “um dos maiores aumentos de emprego desde o início deste século”, o que foi conseguido, como lembrou, graças à melhoria do saldo externo e das contas públicas, evitando, por outro lado, “criar novos desequilíbrios”.

O futuro, segundo o ministro, passa por “manter este crescimento da economia”, lembrando que o Governo está, paralelamente e desde já, “também a trabalhar para o médio prazo”, com programas como o Interface, Start-UP Portugal e Indústria 4.0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.