home

Cimeira da Recuperação fecha presidência portuguesa com debate sobre o futuro da governação económica

Cimeira da Recuperação fecha presidência portuguesa com debate sobre o futuro da governação económica

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) lança amanhã o debate sobre o futuro da governação económica europeia na Cimeira da Recuperação, em Lisboa, marcando o dia em que encerra o semestre português.

Publicado por:

Acção socialista

Ação Socialista

Órgão Nacional de Imprensa

O “Ação Socialista” é o jornal oficial do Partido Socialista, cujo(a) diretor(a) responde perante a Comissão Nacional. Foi criado em 30 de novembro...

Ver mais
António Costa

Este será o último evento da presidência portuguesa, reunindo, no Centro Cultural de Belém, ministros das Finanças e da Economia, membros da Comissão Europeia, economistas e vários especialistas da área económica, propondo, nas palavras do primeiro-ministro, António Costa, “uma reflexão sobre a reconfiguração da economia europeia no pós-Covid” e a reformulação da governação económica, projetando as diretrizes futuras da recuperação e do crescimento no espaço da União.

“Com a recuperação em andamento, e após uma crise sem precedentes e com consequências devastadoras para a nossa economia, chegou o momento de refletir sobre o legado desta crise e o futuro da economia europeia”, sublinha, por seu turno, o ministro das Finanças português, que assume a organização do encontro de alto nível.

Para o governante, a Cimeira da Recuperação apresenta-se como “uma oportunidade para lançar questões fundamentais relacionadas com o crescimento potencial da Europa e a necessidade de promover investimentos que garantam à União Europeia a liderança nas transições climática e digital”.

“Com as regras orçamentais suspensas até 2023, queremos aproveitar o momento para iniciar a reflexão sobre o quadro de supervisão orçamental europeu e a necessidade de adaptação das regras à nova realidade pós-Covid”, sublinha João Leão.

Para além das participações institucionais, a Cimeira de Recuperação tem como oradores convidados, entre outras personalidades, o antigo economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Olivier Blanchard, e o economista belga Paul De Grauwe, vice-presidente do Conselho das Finanças Públicas (CFP) de Portugal.

ARTIGOS RELACIONADOS