home

Grupo de trabalho do PS sobre tráfico de seres humanos atento à questão da exploração laboral de imigrantes

Grupo de trabalho do PS sobre tráfico de seres humanos atento à questão da exploração laboral de imigrantes

Os deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista estão, desde há muito, preocupados com a questão da imigração ilegal e do tráfico de seres humanos para exploração laboral e estão atentos à realidade do país.

Publicado por:

Acção socialista

Ação Socialista

Órgão Nacional de Imprensa

O “Ação Socialista” é o jornal oficial do Partido Socialista, cujo(a) diretor(a) responde perante a Comissão Nacional. Foi criado em 30 de novembro...

Ver mais
GPPS

Nesse sentido, com o objetivo de traçar um panorama global e real acerca do tráfico de seres humanos em Portugal, foi criado no Grupo Parlamentar do PS, no passado mês de novembro, um grupo de trabalho especificamente sobre este tema, por ser um assunto que há muito preocupa os parlamentares socialistas e que, por isso, não o ignoram.

Este grupo de trabalho realizou, até à data, as audições da Dra. Rita Penedo, do Observatório de Tráfico de Seres Humanos, do Relator Nacional para o Tráfico de Seres humanos e Vice-Presidente da CIG, Dr. Manuel Albano, e da Alta Comissária para as Migrações, Dra. Sónia Pereira.

No âmbito da atividade do grupo de trabalho, estavam também previstas visitas ao terreno que, no entanto, devido à situação pandémica, não puderam ser efetuadas.

A situação no município de Odemira veio expor uma série de situações que, infelizmente, se reproduzem em outros locais do país e que devem também merecer a nossa atenção.

Estão em causa direitos humanos e direitos fundamentais como a dignidade da pessoa humana, pelo que não podemos ignorar esta realidade.

Os deputados do grupo de trabalho do GPPS sobre Tráfico de Seres Humanos reiteram que estão atentos a estas situações e assim continuarão.

Sob a coordenação da deputada Romualda Fernandes, este grupo de trabalho integra ainda os parlamentares socialistas Telma Guerreiro, Carla Miranda, Cristina Mendes da Silva, Elza Pais, Francisco Oliveira, Maria Joaquina Matos, Paulo Porto e Susana Amador.

ARTIGOS RELACIONADOS