home

PS associa-se ao Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra Mulheres

PS associa-se ao Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra Mulheres

No âmbito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra Mulheres, que se assinala esta quinta-feira, 25 de novembro, o Secretário-geral Adjunto do Partido Socialista, José Luís Carneiro, e a presidente das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos, Elza Pais, visitam uma Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica. Trata-se de uma iniciativa conjunta das MS-ID e da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

Publicado por:

Acção socialista

Ação Socialista

Órgão Nacional de Imprensa

O “Ação Socialista” é o jornal oficial do Partido Socialista, cujo(a) diretor(a) responde perante a Comissão Nacional. Foi criado em 30 de novembro...

Ver mais

Em Portugal, os dados recolhidos pela UMAR – União das Mulheres Alternativa e Resposta revelam que, ao longo deste ano, entre janeiro e 15 de novembro, foram assassinadas 23 mulheres e 50 foram vítimas de tentativa de homicídio. A maior parte dos crimes (61%) ocorreu na residência conjunta da vítima e do agressor. A visita não é aberta à comunicação social por se tratar de um local sob reserva sigilosa.

Pelas 17h30, as Mulheres Socialistas associam-se à Marcha pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, que terá início no Largo do Intendente e termina no Rossio, em Lisboa.

Instituída pela Resolução 52/134 das Nações Unidas, esta data tem como objetivo alertar para este grave problema que atinge as mulheres, tanto em sua casa como no local de trabalho, quer a nível psicológico ou físico: uma em cada três mulheres em todo o mundo, cerca de 736 milhões, foi submetida a violência física ou sexual durante a sua vida. Ao longo da pandemia, as Nações Unidas calculam que, a cada três meses, têm sido agredidas 15 milhões de mulheres nas suas casas, em todo o Mundo.

ARTIGOS RELACIONADOS