home

Carlos César recorda um “homem do mundo” e um “combatente pela democracia”

Carlos César recorda um “homem do mundo” e um “combatente pela democracia”

O presidente do Partido Socialista, Carlos César, recordou hoje o antigo Presidente da República Jorge Sampaio como um “homem do mundo”, um “combatente pela democracia” e um “militante cívico inconformado”.

Publicado por:

Acção socialista

Ação Socialista

Órgão Nacional de Imprensa

O “Ação Socialista” é o jornal oficial do Partido Socialista, cujo(a) diretor(a) responde perante a Comissão Nacional. Foi criado em 30 de novembro...

Ver mais

Reagindo à morte do antigo chefe de Estado na sede do PS/Açores, em Ponta Delgada, Carlos César considerou que se está perante uma “notícia triste” para a família, para o Partido Socialista, do qual Jorge Sampaio foi também Secretário-geral, e para todos os portugueses.

Para além de um “militante cívico inconformado”, o presidente dos socialistas destacou, igualmente, o papel de Jorge Sampaio enquanto “defensor ativo dos direitos humanos”, enaltecendo o seu “rigor ético”, “humanismo” e a sua “generosidade” como um combatente na resolução das desigualdades sociais.

O Partido Socialista anunciou esta sexta-feira a suspensão de todas as atividades públicas de campanha eleitoral, solicitando aos seus militantes, dirigentes e candidatos que se associem à homenagem coletiva que os portugueses devem dedicar a Jorge Sampaio.

Na sede nacional do Partido Socialista, no Largo do Rato, em Lisboa, encontra-se também disponível um livro de condolências, até dia 13 de setembro, para todos os militantes e cidadãos que queiram deixar o seu testemunho. Durante este fim de semana a sede nacional estará aberta entre as 10h00 e as 17h00, no sábado e no domingo, observando a partir de segunda-feira o horário de abertura nos dias úteis, entre as 9h00 e as 19h00.

ARTIGOS RELACIONADOS