fbpx

25 de Abril – Mensagem de Ferro Rodrigues


A terrível pandemia que vivemos, com gravíssimas consequências na perda de vidas humanas em todos os continentes, atinge também Portugal. Como resposta a esta ameaça, o Presidente da República, o Primeiro-Ministro e a Assembleia da República já decretaram por três vezes o estado de emergência. O 25 de Abril de 1974, que por isso não vai ser comemorado nas ruas, tinha e tem de ser honrado pelo Parlamento. Em 2020, celebramos também os 45 anos das primeiras eleições verdadeiramente universais, livres e democráticas que Portugal conheceu. Aliás, desde o início das medidas de combate a este horrível flagelo, a Assembleia da República tem continuado a reunir, a tomar decisões, respeitando as necessárias regras de saúde pública.

Neste 25 de abril, vamos mais uma vez saudar aqueles que com muita coragem há 46 anos, arriscando carreiras e vidas, puseram fim a uma ditadura de 48 anos. Acabando com as guerras coloniais, liquidando a PIDE/DGS e a censura, dando à liberdade e à democracia o lugar que mereciam para a grande maioria do povo português.

Será também uma oportunidade solene para exprimirmos a nossa dor pelos falecidos, a nossa solidariedade com as famílias e reafirmarmos a nossa gratidão para aqueles que na saúde, na segurança e em diversas outras áreas nos defendem e permitem uma vida com menores privações.

O 25 de Abril de 2020 na AR será uma manifestação de esperança, determinação e vontade. Para que Portugal vença está grande batalha pela saúde, com a constituição de 76 e a Democracia.