fbpx

Agradecimento de António Guterres pela vida e legado de Mário Soares


Camaradas e amigos,

O falecimento de Mário Soares deixa-nos a todos uma enorme mágoa. Como declarei quando recebia a notícia, foi com profunda emoção e um agudo sentimento de perda que soube que Mário Soares já não estava fisicamente entre nós.

Embora à distância, tenho assistido comovido às sentidas homenagens que têm sido prestadas a Mário Soares por parte de inúmeros concidadãos nossos que atestam bem quão querido, quão importante e quão marcante foi Mário Soares para o povo português.

Mas é em nós, socialistas, que a saudade é mais funda porque morreu o nosso fundador, o amigo, o eterno militante número um do nosso partido, o companheiro de tantas batalhas e o protagonista maior do valor primeiro que nos guia – a liberdade!

Obrigado Mário Soares por tanta entrega ao País e aos portugueses através do Partido Socialista. O teu legado é também património nosso e a garantia de que permaneceremos sempre um Partido de homens e mulheres livres que saberão honrar e defender os valores da democracia aos quais, com coragem, dedicaste toda uma vida.

António Guterres

Nova Iorque, 9 de janeiro de 2017

4 comentários em "Agradecimento de António Guterres pela vida e legado de Mário Soares"

  1. 2017-01-13 Ângelo,Isabel e Fátima Almeida

    É de pessoas grandes que é feita a história, pessoas determinadas, corajosas, lutadoras; Mário Soares foi, gostassem ou não dele, uma dessas pessoas. Revelou ser um dos maiores políticos da segunda metade do século vinte, dando-nos oportunidade de usufruir de liberdade, criando excelentes relações com políticos de vários países, fruto do seu carisma, dando assim a conhecer melhor Portugal ao mundo.
    Como todas as pessoas, cometeu erros e não agradou a toda a gente; afinal era humano, não um Deus. Sabemos que era odiado pelos retornados das ex colónias, mas o que eles nunca perceberam é que na metrópole, ao contrário deles,as pessoas viviam muito mal e mais ainda estavam fartas de ver os seus homens, na sua maior parte jovens, a serem mortos na guerra ou a ficarem com sequelas físicas ou psicológicas que não só os afetaram, como a quem com eles convive ou conviveu; e ainda há muitos testemunhos vivos! Lembro-me de ouvir a minha mãe dizer sempre, que quando o meu irmão nasceu, pensou logo que um dia seria mais um soldado para ir combater.
    Tenho pena que os jovens de hoje não saibam dar valor à liberdade, pois esta para eles foi um dado adquirido, não tiveram que lutar por ela e por isso mesmo não lhe sabem dar o valor. Ao nível dos currículos escolares, seria importante que se abordasse esta temática com muito maior profundidade, dando a conhecer esta grande figura e o quanto fez por todos os portugueses, Para além da escola, a família deve ser o primeiro agente a falar à criança sobre estes acontecimentos do passado e em vez de a educar com tantos bens materiais, como acontece nos nossos dias, seria importante transmitir-lhe valores, como a liberdade e não libertinagem, essenciais para viver em sociedade.
    Na impossibilidade de me deslocar ao Largo do Rato, por me encontrar fora de Lisboa, deixo aqui esta mensagem de agradecimento, em meu nome e em nome dos meus pais. As nosssa condolências à família e para ti, grande Mário, um até sempre!

  2. 2017-01-12 clotilde morais

    Sou das portuguesas que viveram o antes do 25 de Abril, até aos 22 anos. Sei o que foi viver o antes e o após liberdade. Ainda hoje sinto a emoção do primeiro, primeiro de Maio. Estive lá! Foi um dos momentos mais maravilhosos que já vivi. Lembro-me ainda hoje, das palavras de ordem desses tempos; “o povo unido, jamais será vencido” e “nem mais um soldado para as Colónias”! Aqui estava a esperança de ter de volta, meu irmão e namorado para findar o sufoco que o medo de poder perder algum deles numa guerra que não era nossa, acompanhava cada português. Regressaram ambos! Fomos felizes! Hoje, devo-lhe um imenso obrigada pelo legado que, pela sua luta, coragem e determinação, deixou aos portugueses. Nem sempre estive de acordo com Dr. Mario Soares, este privilégio, foi possível porque Portugal, já vivia em Democracia e Liberdade. Com emoção e gratidão, deixo aqui o meu eterno obrigada e envio as mais sentidas condolências à família enlutada.
    Dr. Mario Soares, até sempre!

  3. 2017-01-09 Paloma Lopez

    Siento muchísimo el fallecimiento de Mario Soares, ese gran socialista con una vida ejemplar. Ya forma parte de la Historia de Portugal y del Mundo.

  4. 2017-01-09 Idalmiro Garcia Mendes Bastos

    Mário Soares fez história e vai ficar na história por ter lutado pela liberdade do povo português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.