fbpx

Plano de Recuperação reforça digitalização dos consulados e ensino à distância do português


O primeiro-ministro, António Costa, anunciou ontem, em Andorra, que, o reforço dos investimentos na digitalização da rede consular portuguesa e dos meios para o ensino à distância do português serão duas componentes contempladas no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

“Um dos grandes investimentos que temos de fazer – e que vamos fazer – é precisamente na nossa rede consular. No âmbito da União Europeia, foi criado o PRR e, no quadro desse programa, há uma verba muito significativa confiada ao Ministério dos Negócios Estrangeiros para desenvolver duas linhas fundamentais: uma, o ensino do português à distância, que é absolutamente essencial; e em segundo lugar, para podermos ter uma rede consular verdadeiramente digital”, declarou.

Intervindo perante diversos representantes da comunidade portuguesa de Andorra, à margem da XXVII Cimeira Ibero-Americana de chefes de Estado e de Governo, António Costa sublinhou as vantagens desta segunda dimensão.

“Se cada um de vós é um embaixador português em Andorra, é absolutamente essencial que, através de um computador ou de um Ipad, possam ter o vosso consulado sempre junto de vós. Estas ferramentas digitais permitem hoje vencer as distâncias que antigamente só fisicamente eram possíveis de vencer. Passa a ser possível praticar todos os atos consulares, com exceção da recolha de dados biométricos, através da via informática”, assinalou.

Referindo-se à questão da educação, o primeiro-ministro disse perceber a “complexidade” do sistema educativo neste território e o que isso implica em relação à introdução de mais uma língua a ser lecionada no sistema de ensino, sublinhando, contudo, a sua satisfação com o facto “de ter sido possível estabelecer a cátedra Camões na Universidade de Andorra”.

Na sua intervenção, o primeiro-ministro deixou também uma sugestão no sentido de que uma das próximas comemorações do Dia de Portugal, 10 de Junho, seja em Andorra.

“Tenho a certeza de que, se não for para o ano, ainda durante o atual mandato do Presidente da República, seguramente, iremos celebrar aqui em Andorra o nosso 10 de Junho. Celebraremos com a presença do Presidente da República e, espero, também com a minha própria presença”, concluiu, numa nota de boa disposição.