fbpx

Desenvolvimento urbano com investimento de 1.800ME


“Temos aprovado e em execução um investimento de 1.800 milhões de euros no desenvolvimento urbano”, disse ontem a ministra da Coesão Territorial.

O Governo já comprometeu 1.800 milhões de euros de investimento no desenvolvimento urbano, dos quais “mais de mil milhões de euros” são provenientes de apoios comunitários, revelou esta terça-feira a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

“Temos aprovado e em execução um investimento de 1.800 milhões de euros, no desenvolvimento urbano, com apoios comunitários de mais de mil milhões de euros”, o que significa que “o valor que estava programado para a regeneração urbana está totalmente comprometido”, nesta “fase final do atual quadro comunitário, do Portugal 2020”, sublinhou Ana Abrunhosa.

De acordo com a ministra da Coesão Territorial, o Governo tem dado “prioridade a projetos de desenvolvimento urbano”, em particular a projetos de regeneração urbana, de requalificação de bairros sociais e de mobilidade urbana sustentável, indicou a governante, acrescentando que “o desenvolvimento urbano sustentável continuará a ser uma prioridade”, nomeadamente no quadro comunitário 2020-2030.

As declarações foram proferidas durante a deslocação de Ana Abrunhosa a Castro Verde, distrito de Beja, onde visitou diversos projetos cofinanciados pelo Programa Operacional Regional Alentejo 2020, designadamente as instalações do Centro de Artes e Viola Campaniça (600 mil euros), a requalificação de uma artéria no centro da vila (400 mil euros) e as obras da futura Residência Autónoma da CERCICOA (cerca de 360 mil euros).

“Estes projetos de investimento, que têm financiamento de fundos europeus, foram uma escolha certa”, porque, segundo a ministra, “melhoram a qualidade de vida da população” e “vai fomentar investimento privado”, salientou Ana Abrunhosa.