fbpx

“Esta é uma semana decisiva para o pleno regresso da escola”


O primeiro-ministro, António Costa, deslocou-se na sexta-feira ao concelho de Almada, onde inaugurou as novas instalações da Escola Secundária do Monte da Caparica, reforçando a mensagem de que é fundamental manter os comportamentos de segurança, numa semana “crítica” e “decisiva” de Páscoa, para assegurar o calendário de regresso pleno às aulas presenciais.

“Esta é uma semana decisiva para o futuro das escolas. Nos dias 5 e 19 de abril temos a ambição de que as escolas recebam os alunos dos 2º e 3º ciclos e depois os do secundário. Para que isso se cumpra, é fundamental continuar a manter a pandemia sob controlo, cumprindo as regras”, afirmou.

Sublinhando que o número de novos casos por dia “continua a baixar, mas que o índice de transmissibilidade tem vindo a subir”, o líder do executivo socialista advertiu que “nada está ganho ainda” e que, “sobretudo, não podemos perder o que conquistámos nestes dois meses, que foram duríssimos”.

“Assumamos todos que a Páscoa vai ser completamente diferente das habituais, para que as nossas vidas possam ser retomadas como eram e possamos voltar a ter, no futuro, as Páscoas com os entes queridos que queremos que estejam cá”, reforçou.

Neste sentido, António Costa afirmou a sua “certeza de que o sentido de responsabilidade, que os portugueses têm demonstrado ao longo de todo este ano, mais uma vez se afirmará nesta semana e que no dia 5 esta escola esteja, não só renovada fisicamente, mas também renovada pela alegria das crianças que vão entrar aqui, e que no dia 19, os jovens do ensino secundário possam regressar, para que no terceiro período possam ter as aulas presenciais”.

Concretizar uma obra “há muito aguardada”

Na visita, o primeiro-ministro destacou, também, que a obra de requalificação do equipamento escolar do Monte da Caparica, orçado em cerca de 16 milhões de euros, é mais um exemplo do investimento público que deve ser prosseguido.

Com a requalificação agora concretizada, depois de ter sido paralisada em 2012, a Escola Secundária do Monte de Caparica passa a dispor de instalações completamente renovadas e de um bloco construído de raiz, permitindo ser frequentada por mais de mil alunos.

“A paralisação que ali ocorreu foi uma marca da forma como a anterior crise foi atacada. Hoje não só não paramos, como aumentamos o investimento”, disse António Costa, que esteve acompanhado pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e pela presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês de Medeiros.