fbpx

Reação do secretário-geral adjunto à mensagem do Presidente da República:


“A mensagem do senhor Presidente da República comporta uma dimensão de apelo à responsabilidade individual e coletiva e, por outro lado, uma dimensão de confiança no futuro. Ao lembrar que fomos capazes de vencer os momentos mais críticos do estado de alerta, de contingência, de emergência e, de novo, de contingência, ilustrou a importância da cooperação entre todos os cidadãos e as suas instituições. Por outro lado, sublinhou a importância dos detentores momentâneos da soberania popular convergirem na defesa do interesse geral. E, neste momento, o interesse geral está na aprovação do Orçamento de Estado na convergência em torno da recuperação económica e social. Por último, um outro aspeto com o qual estamos de acordo, a importância de valorizarmos a ética republicana, ou seja, o da defesa permanente do interesse público em detrimento dos interesses particulares. Ora, também aqui vemos o senhor PR a instar os partidos políticos a convergirem no essencial: a aprovação do Orçamento de Estado”.