fbpx

António Costa espera “espírito construtivo” por parte do Conselho Europeu


O primeiro-ministro, António Costa, reafirmou hoje que espera que todos os chefes de Estado e de Governo da União Europeia tenham “espírito construtivo” no debate sobre o programa de recuperação da Comissão Europeia para responder aos efeitos da pandemia de Covid-19.

“Esta é uma semana particularmente importante, visto que o Conselho Europeu vai pela primeira vez discutir a proposta da Comissão. Espero que todos os meus colegas participem neste debate com espírito construtivo, porque a Europa precisa de um programa de recuperação forte, que esteja rapidamente operacional, de forma a responder às necessidades de proteger as nossas empresas, os empregos e os rendimentos das famílias”, referiu António Costa, no Palácio de Belém, no final da cerimónia de tomada de posse de João Leão como ministro de Estado e das Finanças e dos seus secretários de Estado.

Para o primeiro-ministro, a União Europeia deve dar passos para reforçar a sua “autonomia estratégica”, já que a importância desse objetivo “ficou bem patente nos últimos meses” devido à Covid-19.

“Temos de fazer um esforço de relocalizar de novo na Europa muitas das atividades que, ao longo de décadas, foram transferidas para outras regiões do mundo”, alertou António Costa, que frisou que “Portugal quer estar na primeira linha desse movimento, sendo uma das plataformas produtivas para garantir a autonomia do país e da Europa, num esforço grande de reindustrialização”.

A próxima cimeira dos chefes de Estado e de Governo da União Europeia realiza-se esta sexta-feira, dia 19 de junho.