fbpx

António Costa propôs formalmente José Luís Carneiro para secretário-geral adjunto do PS


O secretário-geral do PS, António Costa, propôs formalmente este domingo José Luís Carneiro para substituir Ana Catarina Mendes como secretário-geral adjunto do Partido Socialista.

“Já sabem quem é a proposta que tenho para vos apresentar”, disse António Costa, num discurso na Comissão Nacional do PS, em Santarém.

“A proposta que tenho para vos apresentar é de um camarada nosso. Tem muitos anos de atividade partidária, foi muitos anos presidente de Federação, foi muitos anos autarca, foi um excelente governante e a quem muito devemos o resultado eleitoral que obtivemos no círculo eleitoral da Europa e fora da Europa, que é o nosso camarada José Luís Carneiro”, anunciou formalmente.

O líder do PS reforçou que com a saída de Ana Catarina Mendes para líder parlamentar dos socialistas, é necessário “ter na direção do partido quem se possa dedicar”, já que considera que “o próximo circulo político é um circulo bastante exigente”.

“A estabilidade do governo não depende do nosso resultado nas eleições regionais dos Açores ou autárquicas. Mas a qualidade de vida dos portugueses depende do PS continuar a apresentar bons candidatos autárquicos. As próximas eleições sejam regionais, sejam autarquias são decisivas enquanto partido”, disse António Costa durante o encontro em Santarém.