fbpx

Comunicado: Governo agiu com proporcionalidade e de forma apropriada


É sabido que a falta de cumprimento dos serviços mínimos na greve dos motoristas conduziu à necessidade de o governo decretar a requisição civil. Sublinhamos que o governo agiu com proporcionalidade ,só nos sectores ,nas regiões ,nos âmbitos em que se constata efetivamente a necessidade de obviar ao incumprimento dos serviços mínimos.

O PS entende a ação do governo como a forma apropriada de compatibilizar o exercício do direito à greve com o exercício dos demais direitos dos trabalhadores e da população em geral. Fique claro, no entanto, que o PS continua a defender o direito à greve e rejeita qualquer tentativa oportunista de tentar aproveitar esta situação para introduzir alterações legislativas que visem atacar o direito à greve ou que pretendam condicionar indevidamente o exercício desse direito .

Importante seria que as partes voltassem ao compromisso de manter a paz social para que o diálogo e a negociação tenham a sua oportunidade.