fbpx

Pedro Nuno Santos: “Se os sindicatos não querem a greve” dos motoristas, devem recorrer ao mecanismo de mediação


O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, disse hoje que a greve ainda pode ser desconvocada até dia 12 de agosto e que se os sindicatos “não querem efetivamente a greve” devem recorrer ao mecanismo de mediação.

O governante falava à saída de uma reunião entre a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e o Governo, que decorreu esta manhã no Ministério das Infraestruturas.

Pedro Nuno Santos disse que o mecanismo legal de mediação anunciado na segunda-feira é uma sugestão para que os dois sindicatos que entregaram um pré-aviso de greve possam desconvocá-la e voltar à negociação, “para garantirem vitórias para os seus associados”.

No entanto, reiterou o ministro, e apesar de acreditar que ainda há tempo para cancelar a paralisação com início marcado para 12 de agosto, o Governo continua “a trabalhar para o cenário de greve”.