fbpx

Listas de candidatos a deputados do PS aprovadas com votações entre 80 e 92%


O presidente do PS, Carlos César, anunciou que a Comissão Política Nacional do partido aprovou as listas de candidatos socialistas a deputados nas próximas eleições legislativas com votações entre os 80 e os 92%.

Carlos César anunciou este resultado no final de uma reunião, em Lisboa, que demorou cerca de duas horas e meia, menos do que o habitual em comissões políticas destinadas a aprovar listas de candidatos a deputados.

“As listas que o PS apresenta têm mais de 56% de mulheres entre os seus efetivos, respeitando assim a distribuição equilibrada em termos de género. Também têm a particularidade de terem sido aprovadas por voto secreto com votações que oscilaram entre os 80 e os 92%”, apontou o presidente dos socialistas, tentando aqui traçar uma linha de demarcação face ao PSD.

Para Carlos César, este processo constituiu “um momento de grande afirmação da unidade do PS, de renovação da sua energia e entusiasmo”.

“Já aprovámos o nosso programa [eleitoral no sábado passado] com uma participação muito vasta de quadros independentes e qualificados e com contributos da sociedade civil. Penso que este processo que agora se conclui habilita o PS, como nenhum outro partido – estando dotado de um programa baseado numa experiência de Governo bem-sucedida e na vontade de inovar e acolher novos contributos e novas pessoas – para prosseguir de forma vitoriosa com a confiança dos portugueses”, declarou.

Veja aqui a declaração de Carlos César: