fbpx

Governo lança até ao final de junho nova ferramenta de cibersegurança


Uma nova ferramenta de cibersegurança para as empresas vai ser lançada até final de de junho, anunciou hoje, em Lisboa, a ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva.

“Até ao final do primeiro semestre vai ser publicado um quadro nacional de referência para a cibersegurança”, afirmou a governante, no encontro “Cyber Security”, organizada pelo jornal Público hoje em Lisboa.

Mariana Vieira da Silva explicou que este quadro nacional de referência vai permitir informar as empresas acerca das ferramentas técnicas que vão necessitar para assegurar a sua segurança no ciberespaço.

O projeto está a ser desenvolvido pelo Centro Nacional de Cibersegurança e tem como objetivo ajudar a proteger melhor as empresas e organismos públicos dos ataques informáticos.

Este quadro, de adesão voluntária pelas organizações, deverá estar terminado no final do primeiro semestre deste ano, segundo a governante, e inclui um conjunto de controlos e medidas técnicas de cibersegurança para fazer face às ameaças conhecidas.

Afirmando estar confiante no trabalho que está a ser desenvolvido em Portugal nesta área, a ministra defendeu que o país está hoje “mais preparado” para lidar com a cibersegurança, mas admitiu que “não existe uma garantia absoluta” de proteção no ciberespaço.

“Mas não devemos ceder a alarmismos”, disse a ministra da Presidência e Modernização Administrativa na abertura do encontro.

Na sua intervenção, Mariana Vieira da Silva destacou ainda iniciativas nacionais na área da cibersegurança, como a a estratégia de segurança no ciberespaço lançada em 2015 e o curso online ‘Cidadão Ciberseguro’, lançado em fevereiro passado, para todos os cidadãos, tendo como objetivo para prevenir riscos decorrentes da utilização da Internet e do equipamentos eletrónicos.