fbpx

Combustíveis: Governo espera que acordo entre motoristas e patrões seja cumprido


O Governo está a acompanhar o conflito entre os motoristas de transporte de matérias perigosas e a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), e espera que o acordo assinado entre as duas partes “possa ser cumprido”.

“O Governo tem estado a acompanhar muito proximamente esse conflito, através do senhor ministro das Infraestruturas e, portanto, os contactos têm sido regulares quer com a ANTRAM, quer com o sindicato”, afirmou a ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva, em Lisboa.

Na quarta-feira, o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) marcou uma nova greve com efeitos a partir do dia 23 de maio”.

Falando aos jornalistas durante a conferência de imprensa que decorreu no final da reunião do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva indicou que o executivo espera “poder contribuir para que o acordo assinado possa ser cumprido, num processo negocial que possa terminar bem”.

Apontando que “os contactos têm sido permanentes” entre o Governo, o sindicato e a ANTRAM, a ministra referiu, porém, não ter informação “sobre se há alguma reunião agendada, ou não”.