fbpx

Número de desempregados inscritos nos centros de emprego em mínimos de sete anos


O número de desempregados inscritos nos centros de emprego baixou 6,6% em julho para 497.663, abaixo dos 500.000 pela primeira vez desde julho de 2009, segundo o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Segundo as estatísticas mensais, disponíveis na página do instituto na internet, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego não era tão baixo desde julho de 2009, mês em que se encontravam inscritas 496.683 pessoas.

Já em comparação com o mês de junho deste ano, o número total de desempregados registados em julho diminuiu 2,7%, o que representa menos 13.979 pessoas.

Face ao mês homólogo de 2015, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego caiu nos dois sexos, mas a queda foi mais significativa nos homens (-7,9%), enquanto nas mulheres a redução se ficou pelos 5,4%.

Quanto ao grupo etário, jovens e adultos apresentaram uma descida anual do número de inscritos, de 9,2% e de 6,2%, respetivamente.

No que respeita ao tempo de inscrição, os desempregados inscritos há menos de um ano diminuíram 4,9% em relação a julho de 2015, e os desempregados de longa duração, isto é, com tempo de inscrição igual ou superior a um ano, diminuíram 8,3%.

A nível regional, o desemprego diminuiu em todas as regiões do país, com o valor mais elevado na região do Algarve (-19,2%).